Saiba como escolher uma boa fonte de alimentação para montar um PC gamer

Escrito Por: Marketing Info2 Publicado em: BLOG Data de Criação: 14/06/2018 Acessos: 1387

#bloginfo2 - Ela fornece a energia para o seu computador e, embora seja vista como algo secundário para a maioria dos usuários, a fonte de alimentação vira um dos primeiros elementos a se discutir na hora de montar um PC gamer. Neste tutorial, você verá dicas de como escolher uma fonte de boa qualidade para não ter problemas no futuro.

#Bloginfo2

Saiba como escolher uma boa fonte de alimentação para montar um PC gamer

Aprenda a escolher a fonte do seu PC sem gastar muito (Foto: Divulgação)

 

Por que você precisa de uma nova fonte ao montar um “PC gamer”?

Em raras exceções, ou seja, apenas quando o consumidor já adquiri um “PC gamer” ou compra um desktop de marcas conceituadas, a maioria dos usuários recebem, sem perceber, fontes de alimentação de baixa qualidade. Também conhecida como genéricas, essas fontes não são de todo ruim, porém, não fornecem exatamente aquilo que está estampado em sua lateral.

Em boa parte dos PCs vendidos no varejo é comum encontrar fontes que vão de 250W até 300W (Watts). Porém, essas fontes genéricas não oferecem nenhuma garantia de que chegam a essa capacidade nominal, pois muitos fabricantes esperam um consumo de apenas metade do valor mencionado, ou seja, algo entre 120W a 200W.

Essas fontes genéricas viram problema quando o consumidor decide transformar seu PC em um “PC gamer”, onde será instalada uma ou mais placas gráficas de alto desempenho. Essas placas, em quase sua totalidade, exigem uma fonte de alimentação de melhor qualidade, pois o conjunto dos componentes do PC, com a placa de vídeo, vão consumir um valor muito próximo ou até acima da capacidade das fontes de alimentação ditas “convencionais’.

O problema mais comum acontece quando uma placa de vídeo exige uma quantidade de Watts acima do que a fonte de alimentação pode fornecer. Nesses casos, o computador pode desligar por completo ou apresentar vários travamentos. Em algumas situações, a fonte pode queimar, mas isso é muito difícil.

 

Até mesmo para montar um PC gamer “básico”, com uma placa de vídeo Nvidia Geforce 9500GT (modesta para os padrões atuais), é preciso trocar uma fonte de alimentação de 300W para uma de no mínimo 450W reais.

Como escolher uma fonte de alimentação de boa qualidade e adequada para o seu PC

O primeiro passo é ficar atento a quantidade de Watts que a placa de vídeo que você comprou, ou pretende comprar, exige. Em alguns casos, os vendedores chegam a recomendar fontes de alimentação dizendo que a fonte mínima deve ser de “400W reais”.

Visite o site do fabricante da placa de vídeo para ver as especificações de energia da mesma (Foto: Reprodução / Site Nvidia)Visite o site do fabricante da placa de vídeo para ver as especificações de energia da mesma (Foto: Reprodução/Site Nvidia)

Contudo, confie sempre na informação do fabricante da placa. Una essa informação a uma conta simples: um PC com placa integrada de vídeo chega a consumir no máximo 200W, então, você precisará somar essa quantidade ao consumo máximo da placa de vídeo, informado pelo fabricante. Exemplo, uma placa de vídeo bastante popular como a AMD Radeon R7 240 consumirá quase 40 Watts, resultando em 240W, chegando perto do limite de uma fonte genérica.

Uma GTX Titan X, por exemplo, chega a consumir sozinho 250W, muito além de uma fonte de alimentação genérica. Nesse caso, você deve optar por uma fonte de no mínimo 600W.

Assim, uma dica importante, é nunca montar um conjunto para funcionar “no limite” da fonte de alimentação. É preciso uma folga para picos de processamento, como ao executar jogos mais pesados. Se pelos cálculos, o conjunto for consumir em torno de 359W, não compre uma fonte de 400W reais, parta logo para uma de 450W ou até 500W.

Procure fontes de alimentação que informem os valores em Watts como “reais”. Além disso, você pode preferir as marcas mais conhecidas no mercado como Corsair, Seasonic, Thermaltake, dentre outras. Quanto mais desconhecida for a marca, mas “folga” em Watts o seu PC vai precisar.

Sites ajudam a calcular a fonte necessária para aquela placa de vídeo não engasgar (Foto: Reprodução / Dario Coutinho)

Existem sites que ajudam você a calcular a quantidade de Watts que o seu PC gamer vai precisar, antes mesmo de você montá-lo. Com isso, é possível ter uma boa ideia do consumo de energia da sua máquina para jogos. Essas são ferramentas bastante úteis, principalmente para quem vai montar computadores parrudos com duas ou mais placas de vídeo aninhadas em SLI ou CrossFire

 

Confira aqui e agora as melhores dicas e informações sobre tecnologia.

 
Tags: